Arquivo da tag: Viagem

UM POUCO DE SANTIAGO DO CHILE

Atenção senhores passageiros, neste momento o serviço de bordo está suspenso, por favor, mantenham seus cintos afivelados e preparem suas câmeras, pois vamos sobrevoar a Cordilheira dos Andes!

024

Da janelinha do avião, Santiago dá as boas vindas aos turistas com uma vista digna de um grande espetáculo da natureza, que arranca suspiros e desperta olhares admirados…

042

Bienvenidos a Santiago de Chile!!!

Santiago é a capital do Chile e o maior centro urbano, financeiro, administrativo e cultural do país, além disso, está privilegiadamente localizada em um vale ao lado da Cordilheira dos Andes.

192

O dinamismo e a versatilidade caracterizam Santiago como uma típica cidade de grande porte, e a poluição e o trânsito muitas vezes caótico acabam perdendo destaque em meio a exuberantes parques arborizados, praças ocupadas por turistas e lindos cachorros – que infelizmente são de rua, arquitetura ora moderna e ora clássica, mostrando que Santiago oferece um pouco de tudo.

A região central da cidade é repleta de pontos turísticos, como: Plaza de Armas, Palacio de la Moneda, bairros boêmios e históricos, museus, monumentos, universidades e muito mais!

179

180

196

201

207

556

Os cerros de Santa Lucía e de San Cristóbal são dois grandes marcos de Santigo e recebem turistas de todas as partes do mundo. O Cerro de Santa Lucía está localizado bem na região central e oferece dois mirantes com uma vista incrível da cidade a céu aberto. A minha dica é que você coloque o seu tênis mais confortável e se prepare fisicamente, pois são muitos degraus, mas a vista compensa! O cerro de San Cristóbal é mais alto e faz parte do Parque Metropolitano de Santiago, mas infelizmente não tive tempo de visitá-lo. PS: Vale mencionar que a visita aos cerros e até mesmo a subida até os mirantes são totalmente gratuitas.

233

232

Em agosto de 2015 foi inaugurado em Santiago o maior prédio da América Latina! Com 62 andares e 300 metros de altura, o Sky Costanera apresenta dois mirantes com uma vista da capital chilena em 360 graus – que é de tirar o fôlego de tão linda!

235

274

O Sky Costanera está aberto para visitação durante todos os dias do ano das 10h às 22h. De segunda a quinta adultos pagam 5.000 pesos e crianças 3.000 pesos. De sexta a domingo, adultos pagam 8.000 e crianças 5.000 pesos. Eu já tive a oportunidade de ver algumas cidades emblemáticas do alto de alguns arranha-céus, mas confesso que Santiago do topo do Sky Costanera e com a cordilheira ao fundo, foi uma das coisas mais lindas que já presenciei.

240

255

Devido a técnicas específicas, clima, solo adequado e a utilização das uvas cabernet sauvignon, carmènere, merlot e muitas outras, o Chile é atualmente considerado um dos melhores produtores de vinhos do mundo e abriga a renomada vinícola Concha y Toro. Um passeio imperdível para quem vai visitar Santiago é sem dúvida conhecer pelo menos uma das muitas vinícolas espalhadas pela cidade afora. Eu visitei a vinícola Undurraga e ao final do tour tivemos uma degustação de vinhos típicos chilenos.

534

Por conta do feriado de Independência do Chile (Fiestas Patrias), não consegui visitar vários pontos turísticos que estavam na minha lista de “must visit places em Santiago”, como: Museo de la Memoria y los Derechos Humanos, Casa Museo La Chascona – antigo lar do poeta Pablo Neruda e muitos outros… É, ficou aquele sentimento de “queria ter ficado um pouquinho mais”.

A minha dica para quem pretende visitar Santiago é: não subestime o destino por ser geograficamente próximo ao Brasil e ter um idioma relativamente parecido com o nosso português. Pode ter certeza que a cultura chilena atrelada a todos os aspectos históricos irão te surpreender, assim como me surpreenderam!

Clique aqui para conferir o post que escrevi sobre o Valle Nevado!

O QUE ACONTECE NA RED LIGHT DISTRICT FICA NA RED LIGHT DISTRICT, EM AMSTERDAM!!!

Antes de qualquer coisa gostaria avisar que o Passaporte Ousado de hoje está um tanto quente, se é que vocês me entendem… Bom, acho que vocês já captaram a mensagem e já deram asas à imaginação, acertei? Pois bem, preparem os termômetros porque a temperatura pode aumentar!!! Rs

1

Amsterdam apresenta motivos de sobra para atrair pessoas do mundo inteiro, sejam eles turismo, romantismo, trabalho, arte, arquitetura, cultura e até mesmo aqueles, hum… “menos familiares”, aqueles motivos que provocam risinhos maliciosos, sabe? No post que escrevi para o blog Destinos Holiday, fiz um resumo sobre a tolerância e o conceito de liberdade sexual que fazem da Holanda um país extremamente singular. A terra das tulipas é sem dúvidas o destino ideal para turistas que gostam de vivenciar de fato experiências culturais sem nenhum tipo de preconceito, por essa razão, te convido a abrir a mente, sair da bolha convencional e a mergulhar no “Curioso Mundo Chamado Red Light District!”

2

A prostituição é um trabalho totalmente legal na Holanda, ou seja, as garotas de programa têm direitos trabalhistas, assistência médica, pagam impostos e promovem movimentos para lutar por melhores condições de trabalho. Para trabalhar no ramo, é obrigatório ser maior de idade (18 anos) e somente habitantes que pertencem à União Europeia podem usufruir legalmente da indústria do sexo. 

3

A noite Holandesa, principalmente em Amsterdam, reserva espaço para todos os gostos e estilos, porém, o ponto turístico que mais chama a atenção dos viajantes dos quatro cantos do mundo é um lugar bastante peculiar chamado Red Light District. Um bairro onde a prostituição e a indústria do sexo literalmente prosperam. As casas de prostituição não se encontram apenas em uma região da cidade, mas o Red Light Dstrict mais famoso é sem sombra de dúvidas o “De Wallen”, um dos maiores e mais antigos bairros de Amsterdam que está situado próximo à Estação Central, tendo como característica principal ruelas estreitas (becos), contendo várias cabines alugadas por prostitutas que se exibem em vitrines tipicamente iluminadas com luzes vermelhas e vendem seus serviços fechando as cortinas, ou nos quartos que ficam no fundo das cabines.

5

Os donos dos imóveis não têm – ou pelo menos não deveriam ter qualquer ligação íntima com as meninas. As ofertas desse bairro não se restringem somente às vitrines com belas garotas praticamente nuas, existem vários sex shops, teatros eróticos, casas de shows, coffee shops com venda legal de drogas e até mesmo um museu do sexo. Tudo muito sugestivo!

4

 Um fato bastante curioso é que ao contrário da grande maioria das zonas de prostituição ao redor do mundo, essa região não está nem um pouco degradada e entregue ao crime. As ruas são sempre limpas, conservadas e policiamento discreto, porém constante. Uma vez que você se dispõe a desbravar o Red Light District, não cometa a gafe de sair fotografando tudo e todos, pois é ESTRITAMENTE PROIBIDO CAPTURAR QUALQUER TIPO DE IMAGEM e essa regra é rigorosamente aplicada. Por essa razão costumo dizer que o que acontece na Red Light District, fica na Red Light District. Aproveite! Rsrsrs…

Em contrapartida, é possível desfrutar de forma sublime da arquitetura tradicional e da atmosfera  histórica da cidade, bem como de restaurantes chineses e argentinos. Eu diria que a prostituição em Amsterdam se integra naturalmente à vida da cidade, pois a apenas alguns metros de distância das cabines é possível encontrar jardins, parques, igrejas e famílias que não têm absolutamente nada a ver com o mercado erótico. Amsterdam é certamente o lugar onde arte, história e cultura se aderem perfeitamente ao entretenimento adulto em meio ao contexto de liberdade. Amsterdam jamais será trivial, pois tudo o que a cidade tem para oferecer, é nada mais nada menos que inerente.