Arquivo da tag: Travel Tattoo

TATUEI…

338

Viajar se tornou a maior oportunidade da minha vida nos últimos anos. Encontrei outras paisagens, outras culturas, outros gostos, outros costumes, outras vidas e outros mundos. Viajo frequentemente no tempo e nas experiências que vivi, e essas experiências se tornaram guias que me encorajam e me fazem ir, permitindo que minha mente, minha alma e meu coração pulsem em ritmos acelerados e em completa sintonia.

A meu ver, o avião é a materialização do real significado das palavras liberdade, impulso e direção. Liberdade dos conceitos e pré-conceitos, liberdade para vivenciar algo incrivelmente exótico, mas que para um outro alguém em algum lugar, pode ser totalmente trivial. O avião me proporcionou o impulso e a coragem de enfrentar a maior e mais desafiadora fronteira da minha vida: O MEU MEDO de sair da zona de conforto, de tentar, de cair, de recomeçar e de aprender. Encontro em cada embarque uma direção, cuja trajetória pode apresentar algumas turbulências, mas uma vez que eu decido decolar, não posso simplesmente desistir do voo ao me deparar com uma tempestade, preciso encontrar o equilíbrio e seguir em frente.

O avião transforma todas as minhas imaginações em grandes descobertas, pois me transporta fisicamente para os meus maiores sonhos… Me faz pisar em solo e enxergar tudo com os meus próprios olhos. Durante muito tempo eu tive um medo absurdo de avião (e ainda tenho haha), mas o medo que sentia quando criança me fazia chorar de desespero até mesmo por causa de um avião de brinquedo que ganhei do meu pai… Ironia da vida, pois hoje, os embarques e os desembarques desbancam e atenuam todas as minhas inseguranças.

007

Toda vez que olho para a minha tatuagem, lembro-me de me conectar com todos os meus sonhos e por mais que eu tenha consciência da impermanência das coisas, não devo jamais me auto-sabotar e subestimar a minha capacidade de viver com a mente desperta para criar e recriar a minha realidade. Quero apreciar tudo minuciosamente, aqui, e lá do outro lado do mundo, mesmo que um pouco desse “tudo” seja adversidade, que com certeza me transforma em um novo ser, capaz de agarrar a vida com força, pois querer é o bastante para tentar, tentar, tentar e tentar, incessantemente.

Quero sair da zona de conforto, conhecer o mundo, os diversos mundos e o meu próprio mundo. Com céu de brigadeiro ou com turbulências, quero antes de mais nada acreditar de verdade que eu mereço a realização de todos os meus sonhos, até mesmo daqueles mais mirabolantes… E então abraçá-los fortemente e dizer: Sejam muito bem-vindos a essa viagem e espero que ela tenha tudo a ver com o que eu realmente busco.

340

 “AS ASAS DA ALMA SE CHAMAM CORAGEM. CORAGEM NÃO É A AUSÊNCIA DO MEDO. É LANÇAR-SE, A DESPEITO DO MEDO.”